X1 da Câmara de Juazeiro: Comissão de ética pra quem? (OPINIÃO)

A Câmara Municipal de Juazeiro volta a implodir com duelos entre vereadores. Na última terça-Feira, 05, quem protagonizou o embate na sessão foram os vereadores Marcio Jóias (UB), e o Presidente Capitão Vieira (PRD). Com trocas de adjetivos e em tom de ameaça, o Presidente disse para Marcio Joias ter cuidado nas palavras e que ia lhe interpelar judicialmente, já Marcio soltou: “Pelo menos, não sou venal.” E o desafiou a ir na sede do Ministério Público. Fazer o que? Eis o questionamento da população: por que o Ministério Público é tão invocado em qualquer discussão dos parlamentares juazeirenses? O que o MP deve saber e não sabe? O que está por trás da caixa preta da Câmara Municipal de Juazeiro do Norte?

Mais duelo

A Câmara de Juazeiro implodiu na última quinta-feira, 07, quando os vereadores Ivanildo Rosendo (DC) e Rafael Cearense (PODE) trocaram sérias acusações com denúncias de propinas, rachadinhas e suborno, causando um possível novo escândalo para a tão sofrida e má vista Câmara de Juazeiro.

Em menos de 24h o Presidente da casa, Capitão Vieira (PRD) foi às redes sociais tentar limpar a imagem da câmara, comunicar que ia entregar o caso ao Ministério Público, e abrir uma comissão de ética para os dois vereadores Ivanildo e Rafael, porém o presidente usou a velha tese dos “dois pesos duas medidas”, quando não se incluiu e pediu também uma comissão de ética para si mesmo, que trocou acusações com o vereador Marcio Joias(UB).

Será que após o espetáculo de horrores, virá novos afastamentos para vereadores de Juazeiro?

Por: Karol Matos – Politica de A a Z

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top