Vereador Márcio Joias causa indignação com declaração ao utilizar a palavra autismo a “problema de um menino ruim”

Nesta terça-feira, 02, durante a sessão legislativa, a postura capacitista do vereador Márcio Joias provocou profunda indignação. O capacitismo é uma das formas de preconceito, atingindo diretamente as pessoas com deficiência.

Ao utilizar a palavra “autista” como sinônimo de “problema de um menino ruim”, o vereador Márcio Joias demonstrou uma ignorância alarmante e uma falta de respeito abominável. Seu discurso atacou a dignidade das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e ofendeu suas famílias.

A atitude do vereador foi vista como retrógrada e desserviço, pois atualmente a sociedade luta por mais inclusão social das pessoas do TEA. A visão ultrapassada foi vista como uma forma de exclusão e desrespeito.

A declaração do vereador foi contundente: “Se ele fosse registrado hoje seria como autista, um narcisista… [risos]”. Tal afirmação é lamentável e revoltante e representa uma afronta direta às pessoas com TEA e suas famílias.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top