Papa Francisco aprova canonização de Carlo Acutis, o ‘padroeiro da internet’

Nesta segunda-feira, 1º, o Papa Francisco reconheceu a canonização do beato italiano Carlo Acutis, tornando-o o primeiro “millennial” a ser declarado santo, conforme noticiado pelo site Vatican News, principal veículo de comunicação do Vaticano. A canonização oficial de Acutis está marcada para 2025.

Carlo Acutis, que faleceu de leucemia aos 15 anos em 12 de outubro de 2006, é amplamente reconhecido por seu trabalho de evangelização pela internet, o que lhe rendeu o título de “padroeiro da internet” entre os fiéis. A decisão do Papa Francisco foi anunciada após uma reunião do Colégio de Cardeais no Vaticano, onde um relatório apresentado pelo Cardeal Marcelo Semeraro destacou o caráter acolhedor e carinhoso de Acutis, especialmente em relação aos mais pobres, sem-teto, necessitados e imigrantes.

Segundo o Vatican News, Acutis será proclamado santo durante o Jubileu de 2025, uma celebração religiosa que ocorre a cada 25 anos na Igreja Católica. O último Jubileu foi em 2000. Nascido em Londres em 3 de maio de 1991, Acutis viveu a maior parte de sua vida na Itália e é considerado um “millennial”, geração que inclui pessoas nascidas entre o início da década de 1980 e a primeira metade da década de 1990.

Milagres

A canonização de Acutis vem após o reconhecimento de dois milagres atribuídos a ele. O primeiro milagre, que levou à sua beatificação em 2020, envolveu a cura de uma criança brasileira que tocou uma relíquia de Acutis em 12 de outubro de 2010, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

O segundo milagre, reconhecido em maio deste ano, ocorreu na Costa Rica, onde uma jovem chamada Valeria foi curada após um grave acidente de bicicleta em 2022. A mãe de Valeria rezou junto à tumba de Acutis em Assis, Itália, e, dias depois, a jovem, que tinha poucas chances de sobrevivência, recuperou-se completamente.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top