Jovem acusado de homicídios e tráfico morre em confronto com a Polícia em Barbalha

Na tarde da terça-feira, 09, um jovem acusado de múltiplos crimes morreu em um confronto com militares do Batalhão Especializado em Policiamento do Interior (BEPI) em Barbalha. A operação, que ocorreu por volta das 16 horas no bairro Bela Vista, visava prender Emerson Davi de Sousa Oliveira, 25 anos, conhecido como “Davi Molhado” ou “Dandô”, e seu irmão, ambos acusados de uma tentativa de homicídio ocorrida na madrugada anterior.

As patrulhas do BEPI foram recebidas a tiros, resultando em um intenso tiroteio. Emerson Davi foi ferido durante o confronto e faleceu ao dar entrada no Hospital São Vicente. Um policial militar também foi atingido na perna e levado para o hospital, onde recebeu atendimento.

Emerson Davi de Sousa Oliveira possuía um histórico criminal extenso, com registros por crimes de trânsito, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, lesão corporal e homicídio. Davi Molhado e seu irmão eram suspeitos de terem tentado matar Davi Gomes de Sousa, 18 anos, invadindo sua residência na Rua L8 do bairro Cirolândia, armados e encapuzados, e efetuando sete disparos antes de fugirem. A vítima segue internada no Hospital São Vicente de Paulo.

Entre os crimes atribuídos a Davi Molhado, destaca-se o homicídio do adolescente Douglas Levy dos Santos, 17 anos, ocorrido na madrugada do dia 25 de dezembro de 2019. Douglas foi baleado próximo à sua casa na Rua Zuca Sampaio, no bairro Santo Antônio, em Barbalha, e faleceu ao dar entrada no hospital. Testemunhas relataram que Davi se aproximou de moto e atirou na vítima sem qualquer discussão, caracterizando uma execução sumária.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top