Brasil ultrapassa 5 milhões de casos prováveis de dengue em 2024

O Brasil atingiu um número alarmante no combate à dengue em 2024, contabilizando 5.100.766 casos prováveis da doença. Este número é mais do que o triplo dos casos registrados em todo o ano de 2023, que totalizaram 1.649.144.

Dados atualizados do painel de monitoramento de arboviroses indicam ainda que o país enfrenta 2.827 mortes confirmadas por dengue e 2.712 óbitos que ainda estão sob investigação. O coeficiente da doença atingiu 2.511 casos por 100 mil habitantes. A taxa de letalidade em casos prováveis é de 0,06%, enquanto em casos de dengue grave, a letalidade salta para 4,83%.

A maior concentração de casos prováveis está entre jovens de 20 a 29 anos, seguidos pelas faixas etárias de 30 a 39 anos, 40 a 49 anos, e 50 a 59 anos. As crianças menores de um ano, pessoas com 80 anos ou mais e crianças de 1 a 4 anos representam as faixas etárias menos atingidas.

Entre os estados, Minas Gerais lidera com o maior número de casos prováveis, somando 1.431.174. São Paulo segue de perto com 1.397.796 casos, seguido por Paraná com 535.433 e Santa Catarina com 288.212. Na outra ponta, os estados com menor número de casos prováveis são Roraima (286), Sergipe (2.868), Rondônia (4.789) e Amapá (5.557).

Em termos de coeficiente de incidência, o Distrito Federal registra a maior taxa, com 9.037 casos por 100 mil habitantes, seguido por Minas Gerais (6.968), Paraná (4.679) e Santa Catarina (3.787). As unidades federativas com menor coeficiente são Roraima (45), Ceará (126), Sergipe (129) e Maranhão (159).

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top