Há 26 anos morreu o cantor Tim Maia

Este ano o corpo do cantor poderá ser exumado

Nesta sexta-feira, 15, marca o vigésimo sexto aniversário da morte de um dos maiores ícones da música brasileira, o genial Tim Maia. Em 15 de março de 1998, o vibrante e inigualável talento de Sebastião Rodrigues Maia foi silenciado, deixando para trás um legado imortalizado por suas canções e personalidade única.

Tim Maia, conhecido por seu estilo de vida extravagante e sua voz inconfundível, deixou para trás um vasto repertório de sucessos que transcenderam gerações. Suas músicas, como “Azul da Cor do Mar” e “Primavera”, continuam a inspirar e encantar, refletindo a alegria e o amor que ele trazia para sua arte.

No entanto, mesmo após sua morte, o legado de Tim Maia tem sido objeto de controvérsia e disputa legal. Recentemente, surgiu a possibilidade de exumar seus restos mortais devido a um processo de reconhecimento de paternidade iniciado por Rodrigo Rezende, que alega ser filho do lendário cantor.

A equipe jurídica de Rezende solicitou a utilização do material genético previamente extraído do fêmur de Tim Maia para realizar um teste de DNA, uma solicitação que foi inicialmente negada pelo filho reconhecido do músico, Carmelo Maia.

Enquanto isso, outra disputa legal envolve Leo Maia, que também reivindica ser filho de Tim Maia. Recentemente, a Justiça de São Paulo determinou que Leo Maia indenize Carmelo Maia por se apropriar indevidamente do nome, imagem e obras de Tim Maia para benefício próprio. Leo Maia, que defende ser filho socioafetivo de Tim Maia, enfrenta agora o desafio de provar sua relação com o lendário cantor diante dos tribunais.


Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top