Jati vive cenário de tensão e rivalidade entre as ex-aliadas Neta Diniz e Mônica Mariano

A polarização política em Jati parece ter ultrapassado os limites do debate saudável

A cidade de Jati, que costumava ser marcada pela colaboração política, surge agora um cenário de tensão e rivalidade entre as ex-aliadas Neta Diniz e Mônica Mariano. A já anunciada movimentação de Neta Diniz para viabilizar a candidatura de seu marido, Toin de Neta, promete abalar as estruturas políticas locais.

A informação de que a atual prefeita, Mônica Mariano, estaria perdendo apoios em sua base provocou desconforto entre os citados. Em uma correção feita, o ex-vereador Gilberto Ferreira manifestou sua decisão de permanecer na base, descartando qualquer possibilidade de apoio a Neta Diniz. Outros citados preferiram manter o silêncio, deixando a avaliação em aberto.

A notícia do suposto desgaste de Mônica Mariano também gerou reações acaloradas em sua base de apoio. Um texto opinativo, sem assinatura, foi plantado em um blog de Pernambuco, retratando Neta e seus aliados como ingratos. A polarização política em Jati parece ter ultrapassado os limites do debate saudável, transformando-se em uma verdadeira guerra de palavras.

Na perspectiva da verdadeira oposição local, esta disputa entre as ex-aliadas é lamentável, pois enxergam que os interesses dos grupos políticos envolvidos estão prejudicando o desenvolvimento da cidade. A batalha em curso representa o embate entre o poder do dinheiro e a força da máquina pública.

Além disso, a oposição denuncia que já começaram as típicas estratégias de campanha, com promessas de empregos e a distribuição de materiais de construção. Entretanto, por receio de represálias, os denunciantes preferem permanecer no anonimato, evidenciando o clima de tensão que se instaurou em Jati.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top