Pesquisador adverte que tempestade solar pode desligar a internet por meses em 2024

As projeções indicavam julho de 2025, mas agora há temores de que a fase mais intensa ocorra já no próximo ano

Um alerta sério foi emitido nesta quarta-feira, 14, pelo professor Peter Becker, da Universidade George Mason, EUA, indicando que uma tempestade solar iminente pode desencadear um “apocalipse” na Internet em 2024. Becker, especialista em atividades solares, destaca que é a primeira vez na história em que a intensificação da atividade solar coincide com a crescente dependência humana da Internet.

A mais recente atualização do Centro de Previsão do Clima Espacial da NOAA revela que o Ciclo Solar 25, prevendo uma supertempestade solar, pode atingir seu pico mais cedo do que inicialmente previsto. As projeções indicavam julho de 2025, mas agora há temores de que a fase mais intensa ocorra já no próximo ano.

Uma ameaça crescente

Becker explica que as tempestades solares ocorrem quando uma enorme bolha de gás superaquecido, conhecida como plasma, é lançada pela superfície do sol em direção à Terra, denominada ejeção de massa coronal. Ao atingir nosso planeta, essa “nuvem de plasma” interage com o campo magnético terrestre, enfraquecendo-o e aumentando o risco de eventos naturais.

Impactos potenciais

As consequências dessas interações são preocupantes. Explosões solares podem prejudicar a rede elétrica, satélites, cabos subterrâneos de fibra óptica com revestimento de cobre, sistemas de navegação e GPS, transmissores de rádio e equipamentos de comunicação. O pesquisador destaca a vulnerabilidade crescente de nossa infraestrutura tecnológica diante dessa convergência única de fatores.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top