Hospital em Caririaçu vive crise por falta de gerador de energia

Ausência do equipamento compromete atendimento médico e coloca vidas em risco

Em Caririaçu, o Hospital Geraldo Lacerda Bootelho vive uma situação alarmante devido à ausência de um gerador de energia. A precariedade dessa infraestrutura coloca em xeque a continuidade dos serviços médicos, especialmente em uma região e o período propenso a quedas frequentes no fornecimento de energia elétrica.

A falta do gerador compromete a continuidade dos serviços médicos e coloca em risco a vida dos pacientes. Em casos de quedas de energia, por exemplo, atendimentos médicos urgentes, essenciais e corriqueiros podem ser suspensos, comprometendo a continuidade dos tratamentos.

A situação torna-se ainda mais preocupante por causa do contexto atual: o Hospital Geraldo Lacerda Bootelho atende diversas demandas de saúde da cidade. A ausência de um sistema de energia que não dependa da rede comum, impacta a os atendimentos de emergência, também pode afetar a conservação de medicamentos e equipamentos médicos que necessitam de cuidados delicados.

Vários casos de queda de energia

Agravando a situação no hospital em questão, a cidade tem enfrentado constantes quedas de energia. Tais interrupções ocorrem devido a vários motivos, como falhas na rede elétrica local. Nas últimas semanas, circulou um vídeo do mesmo hospital funcionando a luz de velas, evidenciando o abandono e gerando críticas nas redes sociais.

O vereador Fernando Soares, no último dia 2 de março deste ano, afirmou que um gerador já havia sido providenciado e estava a caminho do hospital. Atualmente, quase nove meses depois, a afirmação não foi cumprida. Como forma de justificativa, o vereador alega que a informação sobre o gerador foi repassada pela diretora do hospital, Gildenia Siebra.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top