Executiva estadual do PT no Ceará anula decisão antecipada de Pré-candidatura de Pedro Lobo no Crato

Na esfera estadual, a anulação foi decidida por 18 votos a 1

A executiva estadual do Ceará anulou por 18 votos a 1, nesta segunda-feira, 13, a pré-candidatura de Pedro Lobo para prefeito do Crato pelo PT, decisão que foi revertida após recurso do atual prefeito Zé Ailton. Este defende uma discussão ampla envolvendo diversos setores, incluindo vereadores, secretários, líderes, o ministro Camilo, o governador Elmano e o deputado federal José Guimarães.

A resolução que formalizou a pré-candidatura de Pedro Lobo, foi destaque no fim de semana. O prefeito Zé Ailton Brasil, ao recorrer ao Diretório Estadual, obteve a anulação da pré-candidatura e enfatizou que o acordo firmado com Guimarães, Camilo e o governador Elmano prevaleceu.

Apesar de contar com 2/3 dos membros, a decisão do Diretório Municipal não deveria ter peso na escolha do candidato da base cratense, conforme esclareceu Zé Ailton. O prefeito considerou natural a pretensão de Pedro Lobo, mas salientou a necessidade de respeitar outras pré-candidaturas.

Agora, com a anulação, Pedro Lobo compreende que o nome do PT no Crato será escolhido e tem anúncio previsto apenas para 2024. O prefeito terá a responsabilidade de liderar o processo de escolha do candidato petista, com respaldo do ministro Camilo, de Guimarães e do governador Elmano. O Diretório Estadual acatou o pedido de Zé Ailton Brasil, estipulando prazo até 15 de abril de 2024 para a escolha do pré-candidato.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top