Base operacional do SAMU tem energia cortada por falta de pagamento em Caririaçu

Os próprios funcionários têm recorrido a gambiarras e adaptações para manter o funcionamento

Na última terça-feira, 13, a base do SAMU de Caririaçu enfrentou uma crise significativa com a suspensão do fornecimento de energia pela ENEL. A medida drástica foi tomada devido a atrasos nos pagamentos, atribuídos à gestão financeira da prefeitura.

A falta de energia na base do SAMU perturba a rotina dos profissionais de saúde, e também ameaça comprometer a capacidade de resposta rápida em situações de emergência. Com a população local dependendo do SAMU para atendimentos urgentes, a ausência de recursos adequados pode ter um impacto direto na prestação desses serviços essenciais.

Além das consequências financeiras, há relatos preocupantes que destacam que os próprios funcionários da base têm recorrido a soluções improvisadas para manter os equipamentos essenciais em funcionamento. Situações como gambiarras e adaptações, sofrem críticas dos pacientes e dos profissionais da saúde que precisam usar os equipamentos.

Por: Redação Caririensi

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top