Filiação de Glêdson ao PT está cada vez mais perto (OPINIÃO)

Imagem: Reprodução/ Instagram 
Coluna de opinião Política de A a Z
Cumprindo agenda na capital do país, o prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), aparenta esquecer de um passado próximo e abraça o poder – o novo governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Poucos meses de uma declaração escandalosa do prefeito de Juazeiro, ao dizer que “o maior escândalo de corrupção do Brasil foi causado no governo do PT”, Glêdson se reuniu, nesta segunda-feira (20), com petistas; entre eles, o líder do governo Lula, deputado federal José Guimarães. Entre os políticos que estiveram presentes, o único gestor que não votou no PT e pediu votos para Bolsonaro, foi Glêdson.
Nos bastidores da política de Juazeiro, a conversa é uma só: Glêdson será o próximo filiado ao PT, com aval do deputado estadual Fernando Santana (PT) que há poucos dias, foi “cobrado” a declarar apoio à reeleição de Glêdson Bezerra, e conforme fontes que procuraram Fernando, ele afirmou que, o único compromisso que tinha, era com Camilo Santana. 
Militantes históricos do PT aguardam qualquer manifestação ou pedido de filiação de Glêdson, para expor uma crise no partido em Juazeiro do Norte. Militantes já declararam, através de nota, que o Partido dos Trabalhadores é oposição ao atual governo de Juazeiro do Norte.

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top