Justiça extingue pedido de irregularidade da eleição da Mesa Diretora da Câmara de Juazeiro do Norte

Decisão aconteceu na quinta-feira (10), após pedido do parlamentar Darlan Lobo (PTB) 

Imagem: Reprodução/ Redes Sociais 
Agência Caririensi 
Na quinta-feira, 10 de novembro, o juiz Francisco José Mazza Siqueira, da 2ª Vara Cível da Comarca de Juazeiro do Norte, extinguiu o processo, de autoria do vereador David Araújo (PTB), acusando irregularidades no Projeto de Emenda ao Regimento Interno da Câmara de Juazeiro, N° 28/2021, que previa a antecipação das Eleições da Mesa Diretora da Câmara. O arquivamento aconteceu após pedidos, judicialmente, do vereador Darlan Lobo (PTB). 

De acordo com a sentença, a forma como sucedeu à aprovação do projeto, durante plenário na casa legislativa, respeitou todos os prazos originais do cumprimento intento, assim, “não havendo mais motivos para o prosseguimento deste processo”.
Após o afastamento do presidente da Câmara de Juazeiro do Norte Darlan Lobo (PTB) e do vice-presidente Capitão Vieira (PTB), em novembro de 2021, a Câmara tentou eleger novos representantes, contudo, a justiça havia suspendido a tentativa, em maio deste ano (2022), após pedido de anulação do vereador David Araújo (PTB), afirmando inúmeras irregularidades no projeto para eleição, de autoria da vereadora Yanny Brenda (PL).

Gostou da matéria, Compartilhe!

Scroll to Top